Candidatos deverão seguir limites de gastos de campanha nas eleições deste ano; veja os valores - Jornal Diário do Curimataú
Candidatos deverão seguir limites de gastos de campanha nas eleições deste ano; veja os valores

Candidatos deverão seguir limites de gastos de campanha nas eleições deste ano; veja os valores

COMPARTILHE
Informações do Jornal da Paraíba -

Nas eleições para senador este ano na Paraíba, cada candidato só poderá gastar, no máximo, R$ 3 milhões na campanha, enquanto o postulante a uma cadeira na Câmara dos Deputados deverá realizar despesas de até R$ 2,5 milhões e o candidato a deputado estadual, R$ 1 milhão. Por sua vez, o limite de gastos na campanha para governador, no primeiro turno, vai ser de R$ 5,6 milhões e presidente da República, R$ 70 milhões.
O limite é fixado na Resolução nº 23.553 do Tribunal Superior Eleitoral, que dispõe sobre a arrecadação e os gastos de campanha, de acordo com o eleitorado de cada Estado. As receitas e despesas devem constar na prestação de contas enviadas à Justiça Eleitoral.
Gastos para senador em 2014
Nas eleições de 2014, oito candidatos concorreram a uma vaga ao senado federal. O eleito foi José Maranhão, pelo então PMDB. Ele declarou à Justiça que realizou despesa superior a R$ 4,2 milhões. O segundo colocado, Lucélio Cartaxo, na ocasião no PT, gastou pouco mais de R$ 2,1 milhões e Wilson Santiago (PTB), R$ 1,9 milhão.
José Maranhão (PMDB) – R$ 4.245.803,91
Lucélio Cartaxo (PT) – R$ 2.118.833,31
Wilson Santiago (PTB) – R$ 1.963.974
Leila Fonseca (PROS) – R$ 20.340,17
Walter Brito Filho (PTC) – R$ 12.959,15
Nelson Júnior (PSOL) – R$ 9.875,00
Severina dos Ramos (PSTU) – R$ 3.839,90
Gilson Ferreira (PCO) – R$ 800,00
Fonte:TSE
Gastos de deputados em 2014
Nas eleições de 2014, foram eleitos 12 deputados federais na Paraíba. O deputado reeleito Wellington Roberto (PR), liderou os gastos declarados à Justiça Eleitoral na campanha: R$ 2.224.506,83. Da bancada eleita, a menor despesa declarada foi de Wilson Filho (PTB) na ordem de R$ 348 mil.
Wellington Roberto (PR) – R$ 2.224.506,83
Aguinaldo Ribeiro – R$ 1.742.285,55
Manoel Júnior (PMDB) – 1.379.298,28
Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) R$ 1.088.197,33
Pedro Cunha Lima (PSDB) R$ 891.070,46
Efraim Filho (DEM) – R$ 881.712,76
Hugo Motta (PMDB)- R$ 736.525,80
Damião Feliciano (PDT) – R$ 575.713,02
Benjamin Maranhão – R$ 526.102,32
Luiz Couto (PT) – R$ 402.255,83
Rômulo Gouveia (PSD) – R$ 390.268,34
Wilson Filho (PTB) – R$ 348.477,11


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.