Após mais de uma década prédio da secretaria de infraestrutura de Picuí começa ser reformado - Jornal Diário do Curimataú
Após mais de uma década prédio da secretaria de infraestrutura de Picuí começa ser reformado

Após mais de uma década prédio da secretaria de infraestrutura de Picuí começa ser reformado

COMPARTILHE
Ascom -


A Prefeitura de Picuí, por meio da Secretaria de Infraestrutura, deu início a recuperação completa do antigo prédio utilizado pela pasta administrativa após mais de uma década com 90% abandonado. 
O local, que fica na Rua Cel. Manoel Lucas, é composto por vários espaços que estavam lotados por materiais inservíveis e entulho. “O prédio estava servindo para acumulo de lixo, ratos, baratas, marimbondos e até pombos colocando em risco a saúde pública. Agora nós iremos reestruturar tudo e dar nova vida ao local porque não faz sentido a Prefeitura ter um prédio próprio e trabalhar em local alugado”, disse o Secretário de Infraestrutura, Alexandre Dantas. 

O terreno mede 860m², desses 215m² são de área construída e que está sendo reformada por completo. Em alguns espaços já foram limpos e instalados forro de gesso. Foram encontradas diversas carcaças de motos e carros pertencentes a justiça local e, de acordo com Alexandre, serão devolvidos aos responsáveis. “Como estamos restaurando tudo e retomando as atividades do prédio, a Prefeitura não pode mais ficar com eles”, acrescentou Alexandre. 

Com a reforma, estarão funcionando em alguns meses no local, o gabinete do secretário, área de atendimento ao publico, sala de projetos, almoxarifado de materiais, banheiros da feira que serão recuperados, além de um pátio multifuncional, que poderá ser utilizado para eventos das demais secretarias. Já está em funcionamento a biblioteca municipal, que funciona em uma das salas.

“O prédio estava servindo de depósito dos bancos da feira também, com o tempo acabou se tornando ocioso pela falta de uso e manutenção, mas o Governo da Participação devolverá a população um espaço renovado e gerará economia para o município”, disse o Prefeito Olivânio Remígio. 

A obra deverá custar de início em torno de R$10 mil, e ao finalizar, a economia gerada aos cofres municipais será de R$30 mil por ano.
Veja imagens do local:









Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.