População de Alhandra queima em fogueira acusado de estuprar menina - Jornal Diário do Curimataú
População de Alhandra queima em fogueira acusado de estuprar menina

População de Alhandra queima em fogueira acusado de estuprar menina

COMPARTILHE
Click PB - 

A População de Alhandra indignados com estupro de menina de 10 anos, espancaram até a morte e incendiaram o corpo do acusado de praticar o crime sexual.

O suspeito foi identificado como Joselito do Vale Silva, de 33 anos, foi encontrado morto carbonizado dentro de um fogueira e com sinais de espancamento, na Comunidade Novo Monte, na cidade de Alhandra, Litoral Sul do estado.

Segundo o delegado de Polícia Civil de Alhandra, Francisco Basílio, o suspeito estava foragido após o crime. Ainda de acordo com o delegado, o homem foi encontrado pela população na região, depois foi espancado até a morte e ainda teve o corpo incendiado.

Ainda não há informações se os criminosos utilizaram arma de fogo ou outro tipo de material, além do fogo, para matá-lo.

O delegado também informou que o homem não tinha passagem pela polícia.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.