Com enxada, estudante da UFCG homenageia pais em formatura - Jornal Diário do Curimataú
Com enxada, estudante da UFCG homenageia pais em formatura

Com enxada, estudante da UFCG homenageia pais em formatura

COMPARTILHE
Aeliton Clécio -

José Tarcísio de Azevedo Sales, cuiteense, filho de agricultores, alfabetizado na cozinha de uma casa na zona rural de Cuité. De acordo com Tarcísio sua condição social era mínima, mas a vontade de estudar era bem maior, foi quando no início de sua juventude mudou-se para a zona urbana sempre focado no seu sonho. Na cidade trabalhou limpando quintal dos vizinhos, em padarias e  supermercado, mas nunca desistiu do sonho.


Já no início da idade adulta, recém formado no curso do pedagógico do Colégio Professor Clóvis Lima foi aprovado em um concurso público da Prefeitura de Cuité e passa a ser professor de multisseriado na zona rural. Ingressou na Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, para o curso de Padagogia, fez pós-graduação, mas o sonho persistiu em ter uma formação na áreas da saúde e em 2013 foi aprovado no vestibular para cursar enfermagem na UFCG, campus de Cuité.
No último final de semana durante o baile de formatura, Tarcísio fugiu dos padrões no momento de sua tão esperada entrada no palco, ele ousou e preferiu entrar com uma enxada nas costas, na trilha sonora - músicas nordestinas como “Caboclo Sonhador e Feira de Mangaio”, simbolizando a fé o hino de Santa Rita de Cássia.

A enxada
- Pela necessidade de mostrar de onde venho, uma reflexão sobre esse ser humano chamado agricultor que deixou de ser valorizado e que na atualidade caminha para o arquivo da memória, o agricultor é algo fundamental, pois é ele que produz o alimento que colocamos em nossa mesa. Uma homenagem ao  pais, um agricultor e uma agricultora que hoje presencia juntamente com  familiares e amigos minha formatura no curso de Bacharelado em Enfermagem por uma Universidade Federal.   Eu resido na cidade, mas nunca deixei de ser rural pelo valor cultural que tenho e preservo, Concluiu.

Este é um, de tantos sonhos realizados graças ao Projeto de Expansão Universitária do governo do Presidente Lula que trouxe a universidade para perto do povo em regiões distantes dos grandes centros, possibilitando a oportunidade de formação superior também a filhos de agricultores, pedreiros, merendeiras, garis e outros.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.