Anatel obriga Oi a continuar oferecendo ligações gratuitas em orelhões da Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Anatel obriga Oi a continuar oferecendo ligações gratuitas em orelhões da Paraíba

Anatel obriga Oi a continuar oferecendo ligações gratuitas em orelhões da Paraíba

COMPARTILHE
Tecmundo -


Depois de mais uma análise da disponibilidade de serviço na rede de telefones públicos da Oi, a Anatel decidiu continuar obrigando a operadora a oferecer o serviço de chamadas locais realizadas a partir de orelhões de forma gratuita em 12 estados brasileiros. Em outras palavras, ligações locais feitas por orelhões vão continuar sendo oferecidas de graça em boa parte do Brasil.
Nessa última avaliação, a Anatel concluiu que a Oi conseguiu atingir o mínimo necessário de orelhões funcionando em Santa Cataria e em Sergipe. Dessa forma, as chamadas a partir de telefones públicos nesses dois estados voltarão a ser cobradas.
Em contrapartida, a gratuidade continua nos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima.
Os piores resultados gerais estão no Pará e no Maranhão.
A medição avalia a quantidade de orelhões plenamente funcionando em todo o Brasil. Dessa forma, a empresa que mantém a concessão pública para explorar o serviço precisa manter 90% dos aparelhos funcionando nas localidades onde existe a possibilidade de contratar uma linha de telefone fixa e de 95% onde não existe serviço de telefone fixo doméstico.
A Oi só atingiu 100% de disponibilidade no DF para as regiões onde não existe telefone fixo doméstico. Os piores resultados gerais estão no Pará e no Maranhão.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.