Polícia Federal realiza operação em Currais Novos para desarticular quadrilha que fazia reféns para roubar agências dos correios no RN - Jornal Diário do Curimataú
Polícia Federal realiza operação em Currais Novos para desarticular quadrilha que fazia reféns para roubar agências dos correios no RN

Polícia Federal realiza operação em Currais Novos para desarticular quadrilha que fazia reféns para roubar agências dos correios no RN

COMPARTILHE
G1 - 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (15), na cidade de Currais Novos, na região Seridó potiguar, uma operação para prender uma quadrilha apontada como responsável pelo roubo de R$ 107 mil da agência dos Correios de Assu, na região Oeste. O crime aconteceu no dia 5 de setembro do ano passado. Na ocasião, a gerente e o tesoureiro da agência foram feitos reféns.

A operação foi batizada de 'Sapatinho' - jargão policial usando quando funcionários de agências bancárias e parentes são feitos reféns, geralmente no dia anterior. Enquanto parte do bando sai com os familiares para um cativeiro, a outra vai com o funcionário ao banco para buscar o dinheiro.

Ainda segundo a PF, foram expedidos três mandados de busca e apreensão e outros três de prisão preventiva. Um dos mandados de prisão, inclusive, foi cumprido contra um acusado que já se encontra em uma prisão da Grande Natal.

O roubo

A PF explicou que o roubo aos Correios de Assu foi praticado por três homens, que abordaram a gerente e o tesoureiro em suas casas. Em seguida, foram levados para agência. Os criminosos ainda usaram parentes próximos das vítimas como reféns para garantir que o dinheiro seria entregue.

Nesta quarta (14), um outro integrante da quadrilha foi preso preventivamente no município da Caucaia, no Ceará. Com ele, a PF disse ter encontrado diversos bens, possivelmente adquiridos com o dinheiro que foi levado da agência dos Correios de Assu.

Os nomes dos presos não foram divulgados.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.