Coordenador do Grupo Amigos do Trânsito do Curimataú articula campanhas educativas de trânsito para o município de Cuité - Jornal Diário do Curimataú
Coordenador do Grupo Amigos do Trânsito do Curimataú articula campanhas educativas de trânsito para o município de Cuité

Coordenador do Grupo Amigos do Trânsito do Curimataú articula campanhas educativas de trânsito para o município de Cuité

COMPARTILHE
Grupo Amigos do Trânsito - 

O Coordenador do Grupo Amigos do Trânsito do Curimataú, Dema Macedo (foto), tem articulado na capital paraibana junto aos órgãos de trânsito, campanhas educativas de trânsito para o município de Cuité e para inibir os alertas de blitz entrou com uma representação no Ministério Público Federal.

Um dos identificados utiliza abertamente as redes sociais, quando a PRF vem aos municípios efetuar operações.

''É um desserviço à segurança pública, alertar a vinda da PRF o que pode prejudicar as ações da instituição, lembrar que a Polícia Rodoviária Federal além de realizar blitz, tem operações contra a criminalidade“ Dema Macedo.

O ATC nasceu para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Os municípios de Cuité e Nova Floresta lideram esses índices na região do Curimataú paraibano. Na última quinta-feira (22) a PRF participou de uma audiência pública promovida pela Câmara Municipal de Cuité, e ratificou a volta da FETRAN nas escolas do município. Segundo, Dema Macedo as ações educativas devem acontecer simultaneamente com as fiscalizações.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através do promotor Dennys Carneiro Rocha dos Santos, expediu recomendação visando à adoção de medidas de regularizar o trânsito em Cuité e Nova Floresta. A recomendação foi expedida ao poder público dos dois municípios, ao Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPtran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), às policias militar e civil.

Boa parte da população desconhece, é que esse ato de compartilhar blitz em redes sociais é considerado crime previsto no Código Penal e existe punição. É preciso conscientizar, respeitar as leis de trânsito, a pressa no trânsito pode tirar vidas e traumatizar famílias.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.