segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Olivânio continua incessantemente em busca de água para abastecer Picuí. “Ao povo peço paciência, a deus misericórdia”

Francisco Araújo -
Prefeito Olivânio com os vereadores Ranieri Ferreira e Jean Barros
(Foto: Reprodução)

Na tarde deste sábado (06), o prefeito de Picuí Olivânio Remígio e os vereadores Jean Barros e Ranieri Ferreira, estiveram visitando a comunidade Cauaçú. De acordo com o prefeito, esta é a única comunidade que ainda existe água disponível.
No momento a administração municipal está abastecendo 22 pontos de distribuição de água na cidade, além da zona rural.  
A luta do prefeito é incessante em busca do precioso líquido para oferecer aos seus munícipes; infelizmente a Cagepa, responsável pelo abastecimento na zona urbana abandonou a cidade, deixando toda responsabilidade por conta da prefeitura.
A cada dia a situação se complica, pois, a maioria dos reservatórios do município que ainda tinha água secaram completamente.
Olivânio usou seu perfil numa rede social e se reportou sobre a difícil situação de abastecimento de água no município de Picuí.


Veja abaixo:
Ao povo peço paciência, a Deus misericórdia!
Na tarde de hoje, estive com os vereadores Jean Barros e Ranieri Ferreira, visitando o sítio Cauaçu.
Atualmente é a única fonte de água disponível para abastecermos 22 pontos públicos na cidade, além da zona rural que clama por água.
O esforço é gigante, as pipas estão rodando 24 horas e mesmo assim não atendem à demanda.
Um pouco de paciência, estamos vivendo o momento mais crítico da história. São 7 anos de estiagem, as fontes estão esgotadas. A chuva será o alento ao nosso sofrimento.
A cidade sofre, todos sofremos, o dinheiro não resolve se não tiver onde buscar água!
Nos resta confiar no tempo para que a chuva chegue e chegue em abundância!


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE