quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

"Levei-o para um dormitório e deitei-me com ele", confessa padre pedófilo

Jornal de Notícias -

Padre condenado a 17 de prisão por abusar sexualmente de duas crianças
Um padre espanhol foi condenado a 17 anos de prisão por abusar de duas crianças de 12 anos, em Badajoz na Espanha. O tribunal considerou que o homem se fez valer da sua "superioridade moral" para atacar sexualmente os dois menores, em 2014.
A sentença refere que José Donoso Fernández, padre em Menfabril, de 68 anos, alojou na casa paroquial daquela localidade um casal romeno sem recursos. Um ano depois, o homem começou a praticar "relações sexuais" com um filho do casal. "Chegou a passar a noite e a dormir na mesma cama do menor", diz o Ministério Público.
O jornal "El País" refere que os pais do menino "conheciam" a situação e "consentiram" os abusos do padre. O juiz condenou os pais a quatro anos de prisão e cinco de liberdade supervisionada.
Em 2014, o mesmo padre abusou de um segundo menino de 12 anos, que fazia parte do grupo de jovens da catequese. A criança sofria de um transtorno de aprendizagem e tinha défice de atenção."Levei-o para um dormitório e deitei-me com ele na cama", reconheceu o padre.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE