Ex-prefeita de Cuité rebate acusações e diz que decisão da JFPB cabe recurso - Jornal Diário do Curimataú
Ex-prefeita de Cuité rebate acusações e diz que decisão da JFPB cabe recurso

Ex-prefeita de Cuité rebate acusações e diz que decisão da JFPB cabe recurso

COMPARTILHE
Thiago Moraes -

A ex-prefeita de Cuité e pré-candidata à deputada estadual nas próximas eleições, Euda Fabiana, rebateu em entrevista à rádio 89 FM, de Cuité, as recentes críticas dos adversários políticos em torno de parecer do Ministério Público Federal, acompanhado pela 6ª Vara Federal, de Campina Grande, por suposta irregularidade na execução de convênio firmado com a União através do Ministério do Turismo.
“Fomos surpreendidos com propaganda em veículos de internet ligados a nossos opositores”, disse. “Costumo dizer que quando você é forte, os fracos não se conformam”, completou.

“Em 2009, quando era prefeita, recebemos emenda do então deputado federal Manoel Júnior (PMDB) para a realização das festividades de fruticultura de nosso município”, disse. “Na época, determinação do Ministério do Turismo era para o envio do plano de trabalho antecipado, com cartas de exclusividade das bandas que iriam tocar, com datas e valores, além de toda a documentação para análise do próprio Ministério do Turismo”, explicou.

Euda disse ainda que após analisada, a documentação retornou ao município de Cuité, que teve seu plano de trabalho, em 2009, aprovado pelo Ministério do Turismo, para depois efetuar a assinatura do convênio e então a emenda ser empenhada e liberada ao município. “Realizamos a festa dentro dos padrões com o preço de mercado, como preconizado ao ministério”, disse. “Muitos anos depois de o Ministério do Turismo ter induzido ao erro, não somente o município de Cuité, mas mais de 1140 municípios da 5ª região federal, tivemos esse parecer do Ministério Público Federal, que não quer dizer que fui condenada, que eu seja ficha suja ou não tenha mais direitos políticos” esclareceu.

Ainda segundo a ex-prefeita, seus advogados já foram acionados e irão recorrer da decisão. “Já recorremos da decisão, como outros municípios que recorreram e obtiveram reversão, então estou tranquila, aguardando e confio na justiça”, disse.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.