domingo, 12 de novembro de 2017

Vereadores oposicionistas de Nova Palmeira cobram a inclusão do município na 1ª etapa da TRANSPARAÍBA

Francisco Araújo -

Vereador Juscelino Cassiano
Após a divulgação da programação oficial de visitas do governador Ricardo Coutinho as regiões do Curimataú e Seridó Paraibano, alguns moradores de Nova Palmeira passaram a questionar porque o município ficou de fora da visita governamental. 
E o fato do município ter sido incluído só na segunda etapa da adutora TRANSPARAÍBA, está deixando alguns agentes políticos preocupados; um deles foi o vereador oposicionista Juscelino Cassiano, pois teme que a água do São Francisco não chegue a Nova Palmeira e já está cobrando do prefeito do município, que procure os deputados apoiados pelo mesmo e aliados do governador, para que o município seja incluído logo na primeira etapa do projeto.  
Procuramos um vereador situacionista para tratarmos do assunto e conseguimos contato com Tião Dantas, aliado do prefeito e do governador, e o mesmo entende que como a água chegará a Nova Palmeira através de Picuí, eles não incluíram na visita como aconteceu com Pedra Lavrada, que já recebe as águas do São Francisco, através da adutora existente e acrescentou:
“É importante observar um fato: Picuí receberá a água da etapa inicial e, entre o Várzea Grande e Nova Palmeira, já há uma adutora concluída. Portanto, embora a chegada direta da água do Epitácio Pessoa por aqui só esteja prevista para a segunda etapa do programa, a adutora de Picuí será revisada e religada e, com isso, vamos antecipar o fornecimento ainda na primeira etapa de conclusão da TransParaíba. Temos nos articulado para isso. Sabemos que o município vem sofrendo com os custos de distribuição gerados pela escassez hídrica e, o povo, pela ausência de água nas torneiras” disse Tião.

O Sistema adutor do Curimataú contará com 350 km de adutoras que captarão a água do açude Boqueirão para abastecer as cidades de Boa Vista, Soledade, Boqueirão, São Vicente do Seridó, Cubatí, Sossego, Baraúna, Picuí e Frei Martinho (1ª etapa); e Juazeirinho, Olivedos, Pedra Lavrada, Nova Palmeira, Cuité, Nova Floresta, Barra de Santa Rosa, Damião, Cacimba de Dentro e Araruna (2ª etapa). O sistema também terá uma estação de tratamento e 21 estações de bombeamento. 

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE