quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Promessas "Principal culpa" pela derrocada da popularidade de Charles em Cuité

Dema Macedo -

Se hoje fosse feita uma pesquisa “isenta” certamente apontaria uma queda brusca da aprovação da gestão do Prefeito Charles de Cuité (PB),  no quesito popularidade também apontaria  bom  índice na zona rural e despencaria  na zona urbana. 

O que se dá a redução da popularidade do prefeito Charles são as promessas ainda não cumpridas, elas fizeram parte das palestras de campanha. Hoje o eleitor está muito exigente, e em Cuité essa exigência passa pelo eleitorado que apostou na mudança com “novo tempo” e não dos comissionados ou ex-comissionados. 
Das Promessas não pagas : Os médicos filhos de Cuité dariam plantão no Hospital, parturientes teriam filhos em Cuité e não mais precisariam nascer  cuiteenses made in Picuí, as famílias não precisariam mais se despedir dos seus filhos nos ônibus rumo ao centro-oeste . 
O prefeito ainda perdido, no quesito comunicação por uma simples razão, o slogan que foi adotado desde a pré campanha “ Um Novo Tempo” é de uma extrema responsabilidade, e após sair vitorioso na campanha não soube dá oportunidade a prata da casa, construiu o primeiro escalão com pessoas de fora, entre outras perdas por desencontros desnecessários com aliados de primeira hora.  
Iniciou com “Trabalho que você vê segurança que se sente” logo mudou “É  com trabalho que se responde as criticas” com este último bastante infeliz, pois a todo tempo respalda a oposição. 
Desprovido de uma assessoria de comunicação preparada, gasta tempo em vídeos caseiros, quando se tinha quadro para aproveitar na Câmara e ainda dá uma palhinha na comunicação institucional. Os erros são tão visíveis que ainda vende a imagem da cor azul no seu perfil nas redes sociais, quando agora o partido do 17 (PSL) está nas mãos do grupo de oposição.  
Jogou uma pesquisa de avaliação do seu governo muito cedo, onde ainda tinha e tem uma gestão na temperatura amena (baixa), tanto que os números elevados estão sendo dissolvido feito gelo fora do freezer.  
Lançou de forma precoce uma pré candidatura caseira, de forma que a vereadora Rafaela Camaraense apesar cultivar simpatia, absolveu a rejeição e todas as pancadas no seu governo.  Porque se precipitou em colocar um nome antecipadamente, onde em Cuité se tem a pré candidatura da ex-prefeita Euda que assiste de camarote (do jeito que ela sonhava ) os erros políticos do prefeito. 
Não se vê um governo da participação, não laçou mãos a uma ferramenta do apoderamento, orçamento participativo ou democrático.  Criou o Programa  “Cresce Cuité” sem discutir com o povo quais as prioridades. 
A tempo de mudança, recuperar o tempo perdido para engrenar de vez o “Novo Tempo” para isso é preciso muito discernimento e desprendimento por parte do gestor, buscar aqueles que plantaram e regaram a semente com seu suor e trabalho. 
De pronto este signatário blogueiro apesar de outrora sofrer ações judiciais por aqueles que não respeitam e não tem zelo com a coisa pública,  mantenho na mesma linha de articulista político em pontuar a critica e elogio  quando for merecido. 
Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE