sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Pego com biscoito e queijo na cueca, Deputado Celso Jacob vai parar na solitária

Metrópoles / Sbt Brasil  


O deputado federal Celso Jacob (PMDB-RJ), aquele que trabalha na Câmara durante o dia e dorme na Papuda, onde cumpre pena, está na solitária do complexo penitenciário, depois de ser flagrado entrando com comida na cueca. No último domingo (19), quando o detento retornava à cadeia, ele passou por uma vistoria e os agentes penitenciários encontraram dois pacotes de biscoito e um queijo provolone nas roupas íntimas do parlamentar.

A informação foi confirmada pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), ligada à Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSPDF). Depois do flagra, como castigo, Celso Jacob foi levado para a solitária, onde ficará por sete dias.

“A Vara de Execuções Penais (VEP), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), já foi comunicada do fato. Também foi aberto um inquérito disciplinar para apurar o caso. A punição para esses casos pode chegar a 30 dias de isolamento, além da perda de benefícios, conforme decisão da VEP”, explicou a pasta.

Jacob está no regime semiaberto, ou seja, dorme na cadeia e dá expediente durante o dia na Câmara dos Deputados, um caso único e considerado inusitado. Atualmente, ele divide cela com o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato e com o ex-diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, que está preso preventivamente.

O deputado cumpre 7 anos e 2 meses de prisão. Foi condenado por fraudar, em 2003, a publicação de uma lei municipal de Três Rios (RJ), da qual era prefeito à época, criando um crédito suplementar voltado à conclusão de uma creche.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE