sábado, 4 de novembro de 2017

'Menina do Picolé' manda recado da realidade para mulheres que a insultaram pela profissão

BOL –


Bruna Atanazio vendia picolés nas ruas de Jales (SP) quando foi debochada por duas meninas em uma biz vermelha. Envergonhada com a situação, ela postou um desabafo em sua página no Facebook. O texto viralizou: até a manhã da ultima sexta-feira(03), o post já tinha mais de 100 mil reações e 14 mil compartilhamentos.

No texto, a “menina do picolé” se dirige diretamente às agressoras. Os internautas se sensibilizaram pela história e postaram uma série de comentários encorajadores. “Você é orgulho, parabéns”, escreveu uma internauta. “Parabéns e continue pensando assim! Só o trabalho edifica o homem”, pontuou um outro.

Após a repercussão de seu post de desabafo, Bruna fez uma nova postagem, para reafirmar seu orgulho pelo trabalho e também para agradecer as mensagens de apoio. 



“Vender picolé de baixo de sol não é mole não… as vezes, passamos horas sem conseguir vender um (…) Existem os engraçadinhos que passam pelas ruas e debocham meu trabalho… é como se eu só pudesse ser admirada se já tivesse um diploma universitário”, lamentou em relato. “Finalizo agradecendo às inúmeras manifestações de carinho que tenho recebido, a todas as pessoas que me incentivam, que admiram e respeitam este trabalho, que é como qualquer outro. Muito obrigada”, completou.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE