quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Mãe confessa que traumatismo craniano de bebê foi consequência de sua agressão à criança

G1 –

A mãe da bebê de 11 meses que teve traumatismo craniano e ferimentos no rosto confessou a agressão à delegada de Polícia Civil Symone Lacet, na cidade de Areia, no Brejo da Paraíba. A mãe da bebê tem 16 anos e, por isso, deve passar por procedimento especial de adolescente. 

Segundo a delegada, durante o depoimento, a mãe inicialmente teria negado as agressões. Porém, ao final do depoimento, quando questionada, ela confessou que agrediu sua filha com um chinelo. 

“Ela conta que, quando viu a criança reagindo aos ferimentos, se arrependeu, repetindo amar sua filha e alegando que nesse dia estava muito nervosa”, disse a delegada.

Ainda durante o depoimento, segundo a delegada, a adolescente disse que foi a primeira vez que agrediu com o chinelo, mas que, anteriormente, teria batido na bebê com tapinhas de leve. 

O Conselho Tutelar da cidade de Areia levou a criança, que teve alta na manhã desta terça-feira (21), para cuidados de uma tia na cidade de Mari, a cerca de 70km de Areia. A Polícia Civil informou que a mãe vai responder pelo ato infracional análogo ao crime de maus tratos. Ao fim dos depoimentos, o processo vai ser encaminhado para a Justiça.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE