terça-feira, 14 de novembro de 2017

Homem que matou a mulher com golpes de facão e machado na zona rural de Picuí, foi condenado a 15 anos de reclusão

ClickPicuí -  

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Picuí, condenou Antonio Marcos de Queiroz, a uma pena inicial de 18 anos e 6 meses de reclusão, em regime fechado, sob a acusação de ter assassinados a golpes de facão e machado a sua companheira Maria das Vitórias, crime ocorrido no dia 18 de julho de 2014, por volta das 22:00 horas, no sitio ‘rio dos tanques’, zona rural de Picuí. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (14), e foi presidido pelo juiz direito Dr. Anyfrancis Araújo da Silva. Na acusação esteve o promotor Dr. Alcides Amorim e na defesa do réu um advogado de ofício.
Considerando que o réu já se encontrava preso a 3 anos e seis meses, houve uma retração de pena, ficando em 15 anos.

O Crime
De acordo com a denúncia, na noite do crime o casal ingeria bebida alcoólica na residência dos mesmos, e por volta das 22:00 horas, os dois começaram a discutir e durante o entrave, o réu armou-se com um ‘facão rabo de galo’ e desferiu vários golpes na vítima. Caída, Maria das Vitórias ainda pediu socorro, mas Marcos pegou um machado e terminou de ceifar a vida da companheira.
Após o crime o acusado continuou a bebendo, e na manhã do sábado dia 19, continuou com a bebedeira na feira livre de Picuí e dizia a alguns conhecidos que tinha matado a mulher. A polícia foi acionada e o mesmo foi preso em flagrante.
Após o resultado do julgamento o réu foi conduzido de volta a cadeia pública de Picuí, onde já se encontrava preso a 3 anos e 6 meses.
Nos próximos dias 21 e 22, terça e quarta-feira, o conselho de sentença volta a se reunir para mais dois juris.




Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE