quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Homem que matou amigo a pauladas e pedradas na Zona Rural de Baraúna foi condenado

Click Picuí –


O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Picuí se reuniu pela terceira vez neste mês de novembro, e nesta quarta-feira (22), condenou Janiel de Oliveira dos Santos, conhecido por “Niel”, residente em Baraúna PB, a uma pena de 12 anos, 4 meses e 20 dias de reclusão em regime inicialmente fechado, sob a acusação de ter matado o amigo Damião José de Lima Ferreira, conhecido por “Mira”, no dia 09 de abril de 2015 a golpes de estacas e pedradas na cabeça na zona rural de Baraúna PB.


De acordo com as investigações policiais, no dia 09 de abril de 2015, o acusado e a vítima, juntamente com o amigo “Rafinha” ingeriram bebida alcoólica desde o início da tarde e na residência de “Rafinha” fumaram maconha e crack. Ao anoitecer, “Niel” e “Mira” saíram e foram pra o sítio ‘Cacimba do Mato’, onde continuaram consumindo drogas e em certo momento, não soube dizer porque, “Niel” acabou matando o amigo, utilizando-se de uma estaca de cerca, onde desferiu várias cacetadas em “Mira”. Com a vítima já caída, o acusado ainda arremessou várias pedras grandes contra a cabeça da mesma.

Ao ser ouvido pelo juiz, o acusado negou a autoria do crime, afirmando que havia consumido drogas e não lembrava de nada. Mesmo assim o representante do ministério público apresentou argumentos que condenava o acusado e foi assim que o conselho de sentença entendeu, votando pela condenação do réu.

O julgamento aconteceu no auditório da Prefeitura Municipal de Picuí e foi presidido pelo juiz de direito Dr. Anyfrancis Araújo da Silva. Na acusação esteve o promotor Dr. Alcides Amorim e na defesa do réu o Dr. Antônio Rodrigues de Melo, defensor público. 

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE