quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Gangue clona WhatsApps e aplica golpes contra Prefeitos da Paraíba

Paraíba Debate –

Pelo menos quatro prefeitos paraibanos foram vítimas nas últimas horas de um golpe considerado novo pela Polícia. Uma gangue, provavelmente do Maranhão, clona WhatsApp dos gestores, passa a monitorar diálogos com pessoas do relacionamento particular até que, se passando pelos prefeitos, pede depósitos urgentes por aplicativos de celular.

Os prefeitos de São Sebastião de Lagoa de Roça, Massaranduba, Juazeirinho e Mogeiro foram alvos da quadrilha. O último a perceber a trama foi o prefeito de Juazeirinho, Bevilaqua Matias (Avante). O telefone clonado dele mandou mensagem para um advogado pedindo o depósito de um valor. O advogado percebeu e alertou o fato.

O caso mais grave envolveu Alberto Ferreira, prefeito de Mogeiro. Um secretário da Prefeitura foi levado a transferir R$ 50 mil para uma conta privada. O prefeito denunciou o fato na Polícia Federal e notificou o Tribunal de Contas do Estado, já que envolve recursos públicos.

Os fatos foram confirmados pelo escritório do advogado Johnson Abrantes, que vem atendendo prefeitos vítimas do estelionato. Outros gestores fizeram a denúncia na Polícia Civil da Paraíba. No caso dos demais gestores, os golpes se restringiram a dinheiro privado.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE