domingo, 19 de novembro de 2017

Apocalipse terá muitos efeitos especiais e elenco gigante: ‘Um dos maiores elencos que já tivemos’

TV Foco -

A Record pretende fazer de Apocalipse uma novela totalmente fora do comum: Nova York, Roma, Jerusalém, Tsunami, guerras, queda de avião e a chegada do anticristo são alguns dos tempos e locais da trama, algo nunca visto.
Será no mesmo clima de filmes como 2012 ou O Dia Depois de Amanhã, mas numa pegada gospel com aquele “gostinho” de Igreja Universal. A trama que estreia nesta terça (21) vem com a promessa de ser o maior investimento da emissora no gênero.
A trama apostará em um elenco gigante, entre eles estão Selma Egrei, Leona Cavali, José Carlos Machado, Paloma Bernardi, Emílio Orciollo Neto, Flávia Monteiro, Flávio Galvão, Joana Fomm, Jussara Freire, Mônica Torres, Juliana Knust, entre tantos outros que passam a marca de 90 atores, fora a figuração.

“É sem dúvida um dos maiores elencos que já tivemos. Isso me dá muito orgulho”, disse o diretor Edson Spinello, ontem (16), na coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, segundo informações da jornalista Keila Jimenez.
“É bom ver o mercado empregando tanta gente talentosa. Estamos realmente felizes”, disse a atriz Lu Grimaldi. A trama iniciará com um tsunami em uma praia paradisíaca, catástrofe natural que anunciará o início do fim.
Todas as tragédias estão ligadas ao nascimento do anticristo, um elegante demônio vivido por Sérgio Marone. A trama terá passagem de tempo de 20 anos. Bia Seidl será a mãe do personagem. Além disso, a computação gráfica tomará conta de quase todos os capítulos.
“É desafiador e maravilhoso trabalhar contando com todo esse investimento em efeitos especiais. Mas os efeitos sozinhos não bastam. Eles têm de fazer sentido na trama, o público está atrás de uma boa história”, explica a autora Vivian de Oliveira.
O personagem de Sérgio Marone irá cismar com Zoe, a protagonista vivida por Juliana Knust. “Ela acha que é forte, que tem muita fé, mas na verdade está distante de Deus. E só vai perceber isso quando a situação ficar difícil”, conta Knust, que viverá um romance com Benjamin, vivido por Igor Rickli. “Finalmente vou ser bonzinho”, diz Rickli, que já viveu muitos vilões.
No entanto, nem só de drama vive o homem, mas também de muito humor, que tomará conta da novela. Apocalipse terá personagens leves e divertidos como Celeste Beyonce (Thaíssa Carvalho), uma moça do tempo de telejornal que vive para ser famosa e chamar a atenção do mundo.
“As pessoas vão se emocionar, mas também vão rir. Há personagens bem engraçados que costuram a trama”, revela Vivian de Oliveira. Com 150 capítulos, a produção chega com a expectativa de superar o sucesso de Os Dez Mandamentos.
“Nossa, é uma responsabilidade imensa. Mas estamos animados, acreditando muito nesse trabalho”, diz a autora. “É um assunto que intrigam, gera debates, alimenta nossa imaginação. Todos nós pensamos sobre o fim do mundo!”, conclui.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE