quinta-feira, 19 de outubro de 2017

'Operação Gabarito' desclassifica candidato de concurso do TRE-PB por fraude

G1 –


Foi desclassificado do concurso do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Paraíba um dos irmãos suspeitos de liderar o esquema de fraudes em concursos públicosinvestigado pela Operação Gabarito, da Polícia Civil da Paraíba. A decisão da presidente do TRE, a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, foi publicada nesta quarta-feira (18).

De acordo com o diretor-geral do tribunal, André Soares, Vicente Fabrício Borges estaria entre os próximos nomeados do concurso. Porém, após receber informações da polícia de que a investigação indicou que ele havia fraudado o concurso do TRE, a presidente o desclassificou.

A eliminação foi baseada em um dispositivo do edital que permite a desclassificação em caso de envolvimento em fraude, investigado pela polícia. Caso seja inocentado, ele pode tentar recuperar a vaga judicialmente. O edital do concurso do TRE foi publicado em 2015 e a prova foi realizada em 2016.

Para o delegado Lucas Sá, responsável pelas investigações da Operação Gabarito, essa desclassificação é importante para os concurseiros. “Essa é a primeira desclassificação com base na Operação Gabarito e serve como precedente para casos futuros. Mais de 100 pessoas já foram identificadas e, certamente, sairão novas nomeações dos suspeitos em outros estados”, afirmou o delegado.

As investigações da operação começaram em fevereiro de 2017, após a polícia receber denúncias anônimas. Desde então, mais de 30 pessoas foram presas e mais de 80 concursos estão sob suspeita de fraude.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE