segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Meteorologista aponta possibilidade de chuvas regulares na Paraíba em 2018

Rádio Campina FM -

As chuvas que caíram na região de Campina Grande nas últimas semanas é um bom sinal para 2018. Foi o que informou o gerente executivo do Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno.
Ele explicou que na atmosfera do Nordeste há uma situação de neutralidade podendo ocorrer em meados de dezembro e janeiro o fenômeno La Niña, que torna favoráveis as condições de uma melhor regularidade de chuvas no Nordeste.
– Em virtude das condições do Atlântico, tem se tornado favorável às chuvas no Nordeste. Estamos entrando em um ano com condição de neutralidade, a forçar um período de La Niña. Outro fator é que estamos vendo aqui no Agreste, Brejo e Litoral chuvas praticamente todos os dias. Isso é um bom sinal de que, se tem o bloqueio que atua sobre o Nordeste, está praticamente neutro. As chuvas estão evoluindo, os ventos e a conversão estão favoráveis, e se durar até dezembro ou janeiro teremos uma prestação e qualidade de chuvas muito superior à de 2017 – disse.
Alexandre ainda destacou que a presença do fenômeno La Niña não significa que haverá muitas chuvas. Segundo ele, existem parâmetros. – Temos um parâmetro que é o seguinte: quando tem a presença do El Niño, 85% de probabilidade de ser um ano normal a baixo da média de chuvas irregulares. Quando tem a La Niña, não quer dizer que vai ter um quadro de ano chuvoso, de forma nenhuma, ajuda um pouco, mas não determina a qualidade do período chuvoso. Então teria menos condições para atrapalhar as chuvas no Nordeste. A La Niña não é a garantia de chuvas, mas sim de que o ano pode não ser irregular – destacou.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE