sábado, 28 de outubro de 2017

Estudante paraibano faz ensaio nu e vira assunto nas redes sociais

Polemica Paraíba -

Um ensaio nu do estudante conhecido como Adriano Macaco, aluno do curso de História da UFCG – Universidade Federal de Campina Grande, Campus Cajazeiras, viralizou na internet e causou muita polêmica.

O álbum fotográfico produzido em uma casa abandonada no Bairro Barão do Rio Branco no centro de Cajazeiras, se espalhou nos grupo de WhatsApp e é o assunto mais comentado nas redes sociais da terra que ensinou a Paraíba a ler e também conhecida como a Terra da Cultura.
Nos comentários, alguns criticaram a atitude inusitada do “artista”. Outros usaram seus perfis para elogiar o trabalho do jovem cajazeirense.
Adriano Macaco ainda não se pronunciou sobre as fotos. O fotografo responsável pelo material é desconhecido e também não apareceu para falar sobre o trabalho. Na cidade de Cajazeiras, Adriano ficou conhecido nas ruas por liderar manifestações contra a corrupção no país e na defesa do movimento por direitos de grupos LGBTS.

A sigla LGBT correspondente ao grupo social de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (travestis, homens e mulheres transsexuais) se consolidou não tem muito tempo. Sendo antes, muito mais conhecido como GLS (Gays, Lésbicas e Simpatizantes) ou nos meados da década de 60 até pelo menos os anos 80 o “movimento homossexual” ou “movimento gay”.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE