quinta-feira, 28 de setembro de 2017

PM prende suspeitos de homicídios ocorridos em Alhandra

Portal do Litoral –


A Polícia Militar agiu rápido e deu a resposta aos criminosos que praticaram dois homicídios em menos de 24 horas na cidade de Alhandra. Após o crime ocorrido na noite de terça-feira (26), na localidade do Novo Monte, onde um homem conhecido como “João da Verdura”, foi assassinado a tiros, policiais militares da 1CIPM, através das diversas modalidades de policiamento, passaram a realizar buscas e cercos na região, a fim de capturar os autores do crime e conseguiram prender um suspeito e apreender um menor foragido do CEA que teria participado dos crimes.

A Polícia também informou que João da Verdura tinha sido vítima de outras três tentativas de homicídio, e era acusado de um assassinato e uma tentativa, além de responder por dois outros processos de agressão contra mulher. Porém a provável causa para que praticassem a emboscada contra ele, foram ameaças por arma de fogo que ele fez a indivíduos de facção rival.

Com indicação do Núcleo de Inteligência, Policiais Militares da 1CIPM capturaram o chefe do tráfico da localidade, vulgo “Van”, que portava um revólver calibre 38, continuando as diligências complementares foi apreendido o menor que era foragido do Centro Educacional do Adolescente (CEA), onde cumpria medida socioeducativa pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A dupla é suspeita de participar dos dois últimos homicídios registrados na cidade, o primeiro ocorrido na segunda-feira (25) que vitimou o jovem identificado como “Alisson”, conhecido pelo apelido de “Café” que foi morto a tiros no bairro Caixa D’água. E o segundo foi João da Verdura. Na delegacia de Alhandra o maior foi autuado por tráfico de drogas e o menor reencaminhado para cumprimento da medida socioeducativa.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE