sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Nefrologista dá dicas para as mulheres prevenirem infecções urinárias frequentes

Notícias  Ao Minuto –


As infecções do trato urinário resultam de bactérias que entraram através da uretra para a bexiga e/ou para os rins. Considera-se que uma pessoa tem infecções urinárias recorrentes se estas surgirem mais do que quatro vezes por ano.  Para se certificar de que faz tudo ao seu alcance para preveni-las, o primeiro passo é tentar evitar a entrada de bactérias. Como? 

Urinando imediatamente antes e depois do sexo, para libertar algumas bactérias que possam ter entrado durante a penetração, e, quando vai ao banheiro, limpar-se da frente para trás e nunca ao contrário, para manter as bactérias fecais bem longe. Usar absorventes em vezes de tampões e trocá-los com frequência, bem como beber muita água para urinar com mais frequência, são outros hábitos que previnem as infeções urinárias. 

Também se recomenda que os ‘duches vaginais’ sejam evitados, bem como os espermicidas,  destaca a revista Health. Se mesmo adotando todos estes hábitos, as infecções urinárias continuarem a aparecer, o melhor é falar com o seu médico. 

Quanto ao tratamento, geralmente as infecções desaparecem depois de se ingerir um antibiótico de curta duração, mas também é possível que em casos mais graves e recorrentes o seu médico prescreva um tratamento de baixa dosagem e de longa duração (seis meses ou mais), para impedir que a infecção regresse rapidamente.
É muito importante não desvalorizar as infecções urinárias, pois se não forem tratadas corretamente, podem originar infecções nos rins ou até danos neste órgão.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE