terça-feira, 26 de setembro de 2017

Em meio à segunda denúncia, Temer adotará 'progredir' como lema de governo

Notícias Ao Minuto –


No esforço de impor uma pauta positiva em meio a uma nova denúncia, o presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (26) que adotará a palavra "progredir" como novo lema de seu mandato. Em lançamento de programa de microcrédito, no Palácio do Planalto, o peemedebista ressaltou que o verbo traduz o esforço feito até o momento pela gestão federal para o desenvolvimento do país.

Eu acho que vou tomar esse verbo, progredir, como lema do governo", afirmou. "Esse progredir é do próprio governo, porque já produzimos no campo social e no desenvolvimento do país", acrescentou.

O evento foi promovido no momento em que acusação por obstrução judicial e organização criminosa contra o peemedebista é lida no plenário da Câmara dos Deputados, iniciando a sua tramitação. Na tentativa de tirar o foco do tema, o presidente ignorou o assunto durante a cerimônia. A expectativa é de que ainda nesta terça-feira (26) ele seja notificado sobre a abertura do processo.

O Programa

O verbo progredir dá nome a programa lançado nesta terça-feira (26) de oferta de microcrédito para beneficiados por programas sociais, como o Bolsa Família. A ideia é oferecer uma espécie de porta de saída para as famílias beneficiadas. O programa irá disponibilizar R$ 3 bilhões anuais em microcrédito, cursos de qualificação profissional e seleção para vagas de emprego. A meta é de que, nos próximos dois anos, um milhão de famílias deixem os programas sociais do governo federal. Atualmente, o Bolsa Família tem 13,5 milhões de famílias cadastradas. O peemedebista ressaltou que nunca pretendeu acabar com a iniciativa, criada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que espera que ele não seja mais necessário daqui a 15 anos. "Meu sonho e de todos que estão aqui é de que daqui a dez ou 15 anos venhamos comemorar a desnecessidade de qualquer beneficio de natureza individual", disse.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE