sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Chega às farmácias brasileiras remédio que pode reduzir mortes por insuficiência cardíaca

Só Notícia Boa –


Chega esta semana às farmácias brasileiras o remédio que poderá substituir o tratamento que existe há 20 anos para insuficiência cardíaca. É uma nova classe de remédio que promete melhorar muito a expectativa de vida de quem sofre da doença.A droga é capaz de reduzir em 20% o índice de mortes em pacientes com o problema e em 21% o número de internações. Hoje apenas metade das pessoas com insuficiência fica viva cinco anos após o diagnóstico.

O medicamento, chamado de Entresto – feito com as substâncias sacubitril e valsartana -, surgiu a partir de um estudo realizado na Escócia, teve aprovação nos Estados Unidos e na Europa cerca de dois anos atrás. No Brasil ele já foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Uma caixa com 28 comprimidos do medicamento custa R$ 147.


NOVOS HORIZONTES
“Os resultados impressionantes do estudo Paradigm-HF me levam a acreditar que, uma vez aprovado, o LCZ696 [antigo nome do Entresto] poderia rapidamente substituir o principal tratamento utilizado há mais de 20 anos, os inibidores da ECA”. Palavras do principal pesquisador da droga, John McMurray, depois que o Comitê para Produtos Medicinais de Uso Humano (CHMP), órgão europeu, concedeu parecer positivo em relação ao medicamento.

O estudo comprovou que esse medicamento é mais eficaz do que o que já existe de melhor atualmente, possibilitando que os pacientes acima de 65 anos vivam quase 1,5 ano a mais. Os principais sintomas da insuficiência cardíaca são falta de ar, fadiga, retenção de líquidos, inchaços nos tornozelos e pés e dificuldade de dormir, o que impacta de modo significativo a qualidade de vida.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE