terça-feira, 29 de agosto de 2017

Caso da morte de radialista assassinado em 2015 pode ter chegado ao seu desfecho

PB Agora –

A morte do radialista Ivanildo Viana, ocorrida em fevereiro de 2015, em plena BR 230 pode ter chegado ao seu desfecho. Segundo informações do jornalista Emerson Machado, durante participação no programa Correio Debate, na 98 FM, a motivação do crime teria sido política e a ordem para execução teria saído de dentro de um presídio. Três presidiários seriam os mandantes. 

Um dos presos  é conhecido como ‘Cobra’ e seria do bairro de Mangabeira, outro acusado, que está foragido, seria do bairro do Roger. Um terceiro, conhecido como "Pei", está foragido. Ao total, seis pessoas foram presas, nesta terça-feira (29), acusadas de envolvimento no crime. Uma coletiva de imprensa, agendada para as 15h, na Central de Polícia trará mais detalhes sobre a elucidação do crime.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.


COMPARTILHE