quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Botafogo sai em defesa do jogador Vinicius Jr, vítima de ataque racista nessa quarta-feira

Mais PB –



O Botafogo se manifestou sobre o ato de racismo cometido por um torcedor do clube contra a família do atacante Vinicius Jr., do Flamengo. O incidente aconteceu na noite de quarta-feira (16), no clássico entre os dois times, pela semifinal da Copa do Brasil, no Estádio Nilton Santos.

Através de seu perfil oficial no Twitter, o Alvinegro repudiou o ato e afirmou que “espera que a Justiça seja feita”. O clube ainda informou que o presidente Carlos Eduardo Pereira dará entrevista coletiva às 14h30 desta quinta-feira (17), antes do treino. Ele falará sobre o caso de racismo com familiares de Vinícius Jr. por parte de um torcedor do Botafogo.

“O Botafogo de Futebol e Regatas vem a público manifestar seu repúdio a todo tipo de racismo, preconceito e violência, seja física ou verbal. Atitudes individuais e isoladas não representam a postura de nossa torcida ou do clube, que agiu com a máxima presteza junto às autoridades. O clube espera que a Justiça seja feita e reitera que tomou todas as medidas cabíveis em auxílio às investigações. O Botafogo é Alvinegro, branco e preto, e já promoveu diversas campanhas contra o preconceito racial. Racismo jamais!”, afirmou o clube pelas redes sociais.

O torcedor do Botafogo foi identificado e detido, ainda na madrugada desta quinta-feira, por injúria racial após fazer gestos de teor racista dirigidos à família do atacante Vinícius Jr., do Flamengo, que estava em dos camarotes do Engenhão. O alvinegro foi levado à Cidade da Polícia. Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o homem apontando e xingando os familiares do jovem de 17 anos.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.



COMPARTILHE