sábado, 8 de julho de 2017

Servidor público é preso por desviar dinheiro com ajuda de um 'chupa-cabra'

Secom -

Um servidor da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa) foi preso na tarde desta sexta-feira (7) em uma operação da Polícia Civil. Ele é investigado, suspeito de desviar valores do órgão e direcionar o dinheiro para contas bancárias de outras pessoas, para obter vantagens indevidamente. A prisão ocorreu em Campina Grande, no Agreste paraibano.
De acordo com a investigação presidida pela Delegada de Defraudações e Falsificações, Suelane Guimarães, para fazer os desvios, o suspeito obteve acesso ao login e senha de outro funcionário da Cagepa, através de um programa conhecido como “chupa-cabra”.
Segundo a Polícia Civil, mudando algumas informações de funcionários, o suspeito desviava valores e direcionava para pessoas escolhidas, a fim de obter indevidamente vantagem patrimonial. O crime foi descoberto após uma denúncia anônima feita na delegacia.
A Polícia Civil e a gerência da Cagepa começaram a monitorar os acessos de logins e na tarde desta sexta-feira constataram um registro de acesso de login indevido. Os policiais foram até o órgão e prenderam os funcionários em flagrante. O computador usado por ele também foi apreendido para perícia.
A Polícia Civil também ouviu o depoimento de técnicos da Cagepa que confirmaram a existência do programa chupa-cabra, usado para facilitar a obtenção da senha para os acessos indevidos. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a investigação vai continuar para identificar as pessoas que foram beneficiadas através o esquema de fraude.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE