quarta-feira, 17 de maio de 2017

Homens de Nova Floresta e Jaçanã usados como escravos foram indenizados

Andrade Advocacia -

Na tarde dessa terça-feira (16), na cidade de Nova Floresta(PB), trabalhadores que foram a princípio usados como escravos no ano de 2016, em Paracatu, Minas Gerais, foram indenizados após processo judicial.
Os trabalhadores seriam da cidade de Nova Floresta e Jaçanã (RN), na época foram feitas campanhas para os mesmos voltar para as suas cidades.
De acordo com informação do advogado, Dr. Jailson Andrade, 43 homens foram enganados com uma proposta falsa de emprego, onde iriam trabalhar em uma fazenda, ao chegar no local indicado esses homens não foram contratados e ficaram cerca de 6 dias em Minas, passando dificuldades e só conseguiram voltar após entrar em contato com o ministério do trabalho.
Quando chegaram a suas cidades foi dado entrada em uma ação trabalhista contra a empresa contratada, passaram-se 1 ano e meio de batalha judicial, porém com resultados positivos, e hoje nessa terça-feira (17), foi efetuado o pagamento dessa indenização para essas pessoas que sofreram. Infelizmente essa situação acontece em todo o Brasil, segundo o advogado Jailson Andrade, muitos empregadores fazem esse tipo de situação com o trabalhador, que sai de suas casas para trabalhar e é enganado, mas a justiça do trabalho está disponível para resolver esses problemas.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE