terça-feira, 9 de maio de 2017

Cidade registra 306 mm de chuvas no mês de maio; Em um dia município registra mais de 150 mm

G1 -

O município de Alhandra, no litoral sul da Paraíba, acumula 306 milímetros de chuvas neste mês de maio e segue nesta terça-feira (9) como a cidade com maior volume de precipitações, de acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). A cidade que ocupa o segundo lugar no ranking das chuvas registrou apenas 61,7% do que choveu em Alhandra: João Pessoa, onde foram registrados 188,8 milímetros.
Outras quatro cidades registram mais de 100 milímetros de precipitações no período. Duas delas ficam no litoral, Cabedelo e Conde, e outras duas na zona da Mata paraibana, Cruz do Espírito Santo e Mari.
Veja a lista das cidades onde mais choveu
Alhandra, 306 milímetros
João Pessoa, 188,8 milímetros
Cabedelo, 160,7 milímetros
Cruz do Espírito Santo, 157,3 milímetros
Conde, 136 milímetros
Mari, 108 milímetros

Em apenas cinco cidades paraibanas não choveu desde o dia 1º de maio, sendo que em quatro delas há reservatórios de água. O quadro mais grave é o observado em São José do Sabugi, onde o açude São José IV está zerado. Em condição considerada preocupante pela Aesa, os reservatórios de Bonito de Santa Fé, São José do Brejo do Cruz e Coremas, que tem dois, estão com volume variando entre 5,5% e 19,7%. A quinta cidade sem chuvas neste maio é Bom Jesus.
Em Boqueirão, onde fica o açude Epitácio Pessoa, que abastece Campina Grande e mais 18 cidades, o volume de chuvas em maio não passou de 3,7 milímetros, mas a quantidade de água acumulada no reservatório atingiu 4,1% da capacidade nesta quarta-feira por conta das águas da transposição do Rio São Francisco. O encontro das águas aconteceu no dia 18 de abril e desde então o volume do açude se mantém crescente, apesar das poucas chuvas registradas.
Cidades onde não choveu e situação de seus reservatórios
Bonito de Santa Fé, Bartolomeu I, 19,7% do volume
São José do Brejo do Cruz, Baião, 15,4% do volume
Coremas, Coremas, 8,9% do volume
Coremas, Mãe D’água, 5,5% do volume
São José do Sabugi, São José IV, volume zerado.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE