terça-feira, 28 de março de 2017

Ladrão que roubava e defecava nos estabelecimentos é preso! Delegado fala sobre o caso inusitado no interior da PB

Jozivan Antero -

O delegado Dr. Demétrius Patrício, da Delegacia de Roubos e Furtos, está ouvindo nesta terça-feira, dia 28, os proprietários de supermercados e mercadinhos da cidade de Patos que tiveram os seus estabelecimentos comerciais arrombados e roubados. O principal suspeito pelo crime está preso no Presídio Procurador Romero Nóbrega, também em Patos.
Entre os estabelecimentos roubados na cidade de Patos estão: Mercadinho Tiago, Supermercado São Francisco, Mercadinho Davi, Supermercado Ebenezer e o Supermercado Aliada Baiana, além de outros comércios em outras regiões da Paraíba. Imagens dos circuitos internos de câmeras nos estabelecimentos ajudaram nas investigações, pois o suspeito tem um anel no dedo polegar, uma cicatriz no ombro e seu perfil evidencia ser, de fato, do ladrão que está preso. Alguns estabelecimentos foram roubados por duas vezes pelo mesmo homem.
Todos os proprietários dos comércios relataram o mesmo modo de agir do acusado, pois as gavetas eram arrombadas, mercadorias consumidas no ato do roubo e um fato bastante peculiar e até inusitado, pois o suspeito que se identifica como “Alan”, mas não se tem nenhum documento que comprove se é verdade, defecava nos locais roubados. O delegado disse que o homem já tem passagem por furto de uma televisão.
De acordo com o delegado Dr. Demétrius Patrício, os proprietários estão sendo ouvidos para confirmar as imagens que mostram as características físicas e as marcas que contribuem na elucidação dos roubos. “Nós estamos fazendo as oitivas das vítimas e coletando informações dos demais estabelecimentos que foram furtados. Já existe indícios para confirmar que o homem é o mesmo investigado”, relatou o delegado.
Uma das vítimas, o senhor José Romualdo, disse que além do ladrão cometer o crime ainda humilha, pois, o ato de defecar nos estabelecimentos demonstra isso.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE