domingo, 12 de fevereiro de 2017

Marido confessa que pagou R$ 1.500 para matar esposa em Campina Grande; veja vídeo

ClickPB -

Luciano Mota do Nascimento confessou ter mandado matar a esposa Aline Albuquerque da Silva, de 25 anos. O marido disse que pagou R$ 1.500 em espécie para uma pessoa, segundo ele, que havia conhecido na rua para simular um assalto e efetuar os disparos. Um vídeo obtido pelo Blog do Márcio Rangel mostra o marido confessando o crime.

O marido alega que vinha sofrendo ameaças de Aline, e que já havia acordado duas vezes com ela o ameaçando com uma faca. O assassinato de Aline aconteceu no dia 21 de dezembro de 2016, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande.
Aline foi assassinada a tiros na presença dos filhos, quando chegava em casa com o marido no dia 21 de dezembro de 2016, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande. Inicialmente, a polícia trabalhou com a hipótese de latrocínio. Mas não descartou a possibilidade de execução.

Luciano estava foragido e foi preso durante uma ação integrada da Polícia Civil da Paraíba - Delegacia de Homicídios de Campina Grande-PB.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo Whatsapp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE