quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

VEJA VÍDEO - Em sessão extraordinária câmara de Picuí aprova orçamento 2017 com ressalvas

Rede Creative - 

Na manhã desta quarta-feira (21) aconteceu a sessão extraordinária na câmara municipal de Picuí oficializando de vez a aprovação do orçamento municipal para o ano de 2017 que foi discutido entre alguns dos vereadores presentes, porém com ressalvas por parte da bancada de oposição.

Os vereadores Jozelma Dantas, Paulo Lira e Olivânio Remígio ressaltaram a forma como a LDO – Lei das Diretrizes Orçamentárias – foi desrespeitada pela atual situação destacando que no mês de junho, a câmara de Picuí aprovou por unanimidade que o prefeito eleito para 2017 poderia remanejar até 50% do orçamento público sem pedir autorização à câmara, mas agora depois das eleições, os mesmos vereadores da bancada situacionista entram em contradição pela lei que eles mesmos votaram dizendo que o prefeito só pode remanejar apenas 5%.
Embora alegue que isso não prejudicará a próxima gestão, o vereador Aldemir Macedo, garante que o interesse do povo está acima de tudo.

Uma das polêmicas envolve o gabinete do prefeito onde seriam retirados R$200 mil para ser inserido na agricultura, deixando a secretaria impossível de se trabalhar.

Agora é esperar para a próxima legislatura e saber realmente a quem os novos vereadores da futura oposição, composta pela maioria, possam atender: se é o interesse público ou de um grupo político.
Na oportunidade alguns estudantes presentes protestaram contra a presidenta da Câmara Municipal vereadora Ednalva Dantas, segundo um dos deles, a parlamentar mirim Picuiense faz parte de um grupo golpista na “casa Francisco Eduardo de Macedo”.
No final o prefeito Olivânio Remígio concedeu entrevista a Rede Creative de Comunicação e falou sobre o assunto; ASSISTA O VÍDEO:



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE