segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Picuiense conquista pela 3ª vez prêmio Mestres da Educação

Setor Mineral -

O Picuiense Antonio de Pádua Sobrinho conquista pela 3ª vez o prêmio Mestres da Educação. 

O prêmio é uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação, que consiste na fomentação, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação, em exercício nas escolas públicas estaduais de educação básica, e que, comprovadamente, estejam tendo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e aprendizagem.

Durante esse ano 2016,  Pádua desenvolveu um projeto com os alunos do Curso Técnico em Mineração da Escola Estadual Padre Jerônimo da cidade de Santa Luzia, Paraíba. Intitulado: CONHECENDO A IMPORTÂNCIA SOCIOECONÔMICA DO POTENCIAL GEOLÓGICO DOS MUNICÍPIOS DE SANTA LUZIA, VÁRZEA E JUNCO DO SERIDÓ- PB. Segundo Pádua a realização deste projeto foi de extrema importância, pois a partir de sua execução os alunos e comunidade escolar puderam conhecer o potencial geológico dos municípios de Santa Luzia, Várzea e Junco do Seridó, Paraíba, bem como a importância socioeconômica do mesmo para a população local e regional, durante toda a sua execução, as aulas foram dinamizadas melhorando de forma significativa o processo de ensino e aprendizagem, haja vista que todas as ações foram planejadas de acordo com o plano de ação elaborado pela escola para o ano de 2016, atendendo os interesses e necessidades dos estudantes. 
“O projeto aproximou a Escola Padre Jerônimo de outras instituições de ensino, como Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba-IFPB-Campus Picuí e Campina Grande e Escola Estadual Professor Lordão da cidade de Picuí, além de aproximar a escola do setor produtivo  da região já que  as empresas de mineração dos municípios de Santa Luzia, Junco e Várzea Paraíba contribuíram  com  a realização das aulas práticas de campo", disse Pádua.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE