quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Em Picuí beneficiários do PMAQ reivindicam pagamento do benefício

Francisco Araújo com Portal da Saúde -

Em Picuí os funcionários da área de saúde, que tem direito a incentivos oferecidos pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), estão solicitando da administração à autorização de pagamento desses incentivos.
De acordo com informações do ministério foi repassado em conta para pagamento dos beneficiários mais de 462 mil reais, depende agora do município repassar aos funcionários.

De acordo com o programa, metade dos recursos deve ser repassada como incentivo aos profissionais das equipes das unidades de saúde e a outra metade deve ser repassada para melhorias físicas das unidades de saúde.
“Nós beneficiários aguardamos ansiosos que a administração libere esse pagamento, pra gente decidir como vamos usar esses recursos que é um incentivo pra nós que suamos a camisa na melhora dos índices do município na área de saúde” – disse.

O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) tem como objetivo incentivar os gestores e as equipes a melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos aos cidadãos do território. Para isso, propõe um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação do trabalho das equipes de saúde.
O programa eleva o repasse de recursos do incentivo federal para os municípios participantes que atingirem melhora no padrão de qualidade no atendimento. O programa foi lançado em 2011 e agora, em 2015, inicia seu 3º ciclo com a participação de todas as equipes de saúde da Atenção Básica (Saúde da Família e Parametrizada), incluindo as equipes de Saúde Bucal, Núcleos de Apoio à Saúde da Família e Centros de Especialidades Odontológicas que se encontrem em conformidade com a PNAB.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE