quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Acusado de apontar arma para cabeça de criança em Sossego é assassinado e suspeito já foi identificado

G1 -

O ex-presidiário Adriano Vicente da Silva, de 24 anos, foi morto a tiros na cidade de Sossego, no Curimataú paraibano. O crime aconteceu nesta segunda-feira (5) e a principal suspeita da Polícia Civil é de que o crime tenha sido motivado por vingança, depois que o ex-presidiário teria apontado uma arma para uma criança 5 anos, durante um assalto. O suspeito já foi identificado.

Segundo as informações do delegado de Polícia Civil, Fernando Zoccola, o homem foi morto por volta das 13h (horário local) dentro da própria casa.

“O autor do homicídio chegou na casa chamando o homem pelo nome. A esposa dele abriu a porta e logo que ele apareceu o suspeito começou a atirar. Foram três tiros na cabeça”, disse o delegado.

Depois dos disparos, o autor fugiu em uma moto. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito já foi identificado e está sendo procurado, mas até 17h (horário local) desta terça-feira não foi encontrado, nem se apresentou a polícia, segundo o delegado Fernando Zoccola. A principal linha de investigação da Polícia Civil está relacionada à vingança.

“A informação que tivemos é de que este homem que morreu teria realizado um assalto na tarde do domingo (4) em um sítio. Ele foi roubar um equipamento eletrônico e teria apontado a arma para a cabeça de uma criança de 5 anos. O principal suspeito desse homicídio é o pai dessa criança, que teria ficado revoltado com a atitude”, explicou o delegado.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem que morreu já era suspeito de praticar outros crimes de roubo e furto. Ele já havia sido preso há cerca de 3 anos. “Esse roubo do domingo ele teria praticado na companhia de outro rapaz”, frisou Fernando Zoccola.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE