quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Ambulâncias do SAMU no curimataú e seridó paraibanos 'pedem socorro'

Francisco Araújo -

Ambulância da base de Picuí ao lado de uma oficina no
 bairro JK aguardando conserto
Nesta quarta-feira (02), um profissional do SAMU demonstrou num grupo de WahtsApp, sua preocupação com a frota de ambulâncias nas bases da região. Segundo o profissional a situação é precária, a Unidade de Suporte Básico de Barra de Santa Rosa está há vários meses sem funcionar.

“Acidente com 3 vítimas nesse momento a 4km de Barra de Santa Rosa. USB de Barra há vários meses sem funcionar e a região circunvizinha também baixada. Solicitantes desesperados nos ligando pedindo socorro. O que fazer num momento desse? A mais próxima estará num tempo resposta totalmente inadequado e totalmente fora de sua área de abrangência” – postou o profissional. 

Fomos em busca de mais detalhes e conseguimos informações que as bases de Cuité e Picuí estão trabalhando apenas com uma ambulância. A base de Picuí está só com a mista, já que a outra encontra-se quebrada, ao lado de uma oficina, localizada no Bairro JK. 

“A demora nas revisões de manutenção, provoca constantes problemas nas viaturas que são de 2010, portanto seis anos de uso continuo, mas se houvesse manutenções rotineiras não quebraria tanto, essa que está na oficina apresenta problemas na base da caixa de marcha e na junta maconética” – disse nossa fonte.

Os profissionais esperam que os novos prefeitos de Picuí, Pedra Lavrada, Cuité e Barra de Santa Rosa vejam com bons olhos esse serviço que é essencial no socorro das vítimas de várias situações. 



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE