Zé Maranhão se reúne com Michel Temer para tratar de assuntos da Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Zé Maranhão se reúne com Michel Temer para tratar de assuntos da Paraíba

Zé Maranhão se reúne com Michel Temer para tratar de assuntos da Paraíba

COMPARTILHE
G1 -

Um dia após a aprovação em segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição que limita os gastos públicos, o presidente da República Michel Temer promoveu nesta quarta-feira (26) um mutirão de audiências individuais com políticos no Palácio do Planalto. Dentre os parlamentares recebidos pelo presidente  está o senador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, que comanda a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O encontro entre os peemedebistas está marcado para as 19h30.
De acordo com a assessoria da Presidência, Temer sempre tem muitos pedidos de audiência, então ele resolveu “reservar” esta quarta para atendê-los e colocar os pedidos em dia.
Segundo alguns dos políticos que se reuniram com o presidente ouvidos, as audiências foram para tratar de assuntos relativos aos respectivos estados.
Segundo a agenda oficial, Temer recebeu o primeiro político às 10h30. Ao todo, ele tem reuniões marcadas até as 20h com sete deputados federais, quatro senadores e dois governadores. Esse é o maior número de reuniões de Temer com parlamentares e governadores no mesmo dia desde que ele assumiu.

Pela manhã, o presidente recebeu os deputados Roberto de Lucena (PV-SP), Luís Tibé (PTdoB-MG) e Marcelo Matos (PHS-RJ), o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) junto a investidores chineses do setor de ferrovias, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o vice-governador do estado, Raul Henry.
À tarde, constam da agenda oficial de Temer reuniões com os deputados Jovair Arantes (PTB-GO), Giacobo (PR-PR), Odelmo Leão (PP-MG), Joaquim Passarinho (PDS-PA), os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Edison Lobão (PMDB-MA),  Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) e o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung.
Audiências
O deputado Roberto de Lucena (PV-SP), primeiro a ser recebido por Temer nesta quarta, informou que tratou da criação da Secretaria Nacional da Pessoa Idosa com o presidente.

“Havíamos solicitado essa audiência antes de a lei ser sancionada para sensibilizar o presidente sobre o tema. Temer compreende a urgência do caso. Fui agradecer e mostrar o esforço da comissão na Câmara para desenvolver uma agenda”, relatou Lucena.
O deputado disse ainda que não chegou a tratar especificamente da reforma da Previdência, apesar de os assuntos serem correlatos. “Não falamos disso especificamente. Temer não sinalizou um prazo. Falou apenas da importância de enfrentar esse assunto”, afirmou.
O deputado Marcelo Matos (PHS-RJ) afirmou que conversou sobre necessidades do Rio de Janeiro, principalmente em relação à segurança da Baixada Fluminense.
“Tem algumas cidades lá em que a população está apavorada. Fui ressaltar isso e pedir a permanência do Exército em certos pontos, mas não ficou nada definido”, disse o deputado.
Ele ainda elogiou a velocidade com que conseguiu ser recebido por Temer. “Nunca fui recebido tão rapidamente em um governo nesses seis anos que estou aqui no Congresso. Minha assessoria pediu o encontro em um dos jantares dessa semana e já fomos atendidos.”
A assessoria do governo de Pernambuco informou que a audiência de Paulo Câmara e Raul Henry com o presidente Temer foi pedida há uma semana. Nela, de acordo com a assessoria, eles pediram a retomada de obras tocadas pelo governo federal, como a transposição do Rio São Francisco e a Transnordestina.
O deputado Joaquim Passarinho (PDS-PA) disse que tratará de investimentos para o estado do Pará, já que esta é sua primeira reunião com o presidente.