segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Entenda como funciona a segurança da urna eletrônica

Correio -

A proximidade das eleições municipais deste ano, que ocorrem neste domingo (2), gera questionamentos nos eleitores quanto à segurança da urna eletrônica. Veja abaixo como ela é preparada.


De acordo com o gerente de preparação das urnas no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Adailton Ventura, o principal fator de segurança dos equipamentos é a não conexão com a internet, que impossibilita a ação de hackers.

“A urna eletrônica é um equipamento que usa o mais alto grau de segurança em informática. O processo de segurança da votação é mais do que a urna eletrônica. Ele envolve o registro de candidatos e eleitores e a biometria do eleitor. A urna utiliza mecanismos de segurança avançados, como a assinatura digital e criptografia. É impossível um hacker invadir a urna porque ela não é conectada na internet”, afirmou o gerente.






Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE