Obras inacabadas, valor passa de 1,3 milhão de Reais; se concluídas beneficiariam população de Picuí - Jornal Diário do Curimataú
Home » , , » Obras inacabadas, valor passa de 1,3 milhão de Reais; se concluídas beneficiariam população de Picuí

Obras inacabadas, valor passa de 1,3 milhão de Reais; se concluídas beneficiariam população de Picuí

Written By Diário do Curimataú on quinta-feira, 4 de agosto de 2016 | quinta-feira, agosto 04, 2016

Francisco Araújo -


UBS e Escola:
Se as obras tivessem sido concluída beneficiaria centenas de pessoas
De acordo com informações do ClickPicuí em Serra dos Brandões, distrito de Picuí, a síndrome de obras paradas e outras caminhando a passos de tartaruga também chegou por lá e nossa reportagem foi verificar de perto a situação. 

São duas obras bem próximas uma da outra com prazos de entregas vencidos. A primeira é uma UBS – Unidade Básica de Saúde – que de acordo com a placa ainda existente no local, foi iniciada em 01/08/2014 e deveria ter sido entregue a comunidade em 31/04/2015, portanto está com 3 meses de atraso. A obra é um convênio entre Prefeitura Municipal e Governo Federal, através do Ministério da Saúde e tem um custo de R$ 378.290,17 (trezentos e setenta e oito mil, duzentos e noventa reais e dezessete centavos).

A segunda é uma escola com seis salas de aulas também com prazo de entrega vencido. De acordo com a placa, a obra foi iniciada em 25/08/2014 e deveria ter sido entregue em 25/05/2015. 

Dois meses de atraso. A obra é um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Governo Federal, através do Ministério da Educação/FNDE e tem um custo de RS 931.036,29 (novecentos e trinta e um mil trinta e seis reais e vinte e nove centavos). De acordo com informações colhidas no local, na UBS existe material para acabamento dentro da construção, mas não se sabe por que a obra ainda não foi concluída. Nesta quarta-feira (03) não se viu ninguém trabalhando por lá. Será que vão deixar pra concluí-las no final do mês de setembro, assim como prometeram entregar a UPA e a creche no Limeira; porque será?. 

Quanto à adutora, segundo um morador, essa parou de vez e a comunidade cobra uma explicação.

“Vão bem dizer que foi porque acabou a água do açude narciso”- acrescentou. 

O povo tá de olho. Assim como nas demais, verificou-se também que nas placas não tem os nomes das construtoras responsáveis pelas obras. 


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

Incêndio no lixão de Cuité causa fumaça que chega até cidade vizinha

NoticiandoPB – Na tarde desta sexta-feira (25), um incêndio foi registrado no lixão da cidade de Cuité-PB. A fumaça impressionou at...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva