sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Autorizada nova empresa que vai garantir conclusão da Transposição, diz deputado

Correio -


abandono da obra do projeto da Transposição pela construtora Mendes Júnior não deverá comprometer a conclusão da obra. 
Segundo o deputado estadual Jeová Campos (PSB), o comunicado foi feito pelo Ministério da Integração Nacional que recebeu parecer favorável do Tribunal de Conta da União (TCU) para adotar as medidas adequadas para garantir que as obras do Projeto não sofram descontinuidade. O deputado preside Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

A construtora, responsável pelas três estações de bombeamento elevatórias, parou os serviços desde o dia 22 de julho, alegando dificuldades financeiras. Os contratos da Mendes Júnior compreendem lotes responsáveis pela captação de água do rio São Francisco, em Cabrobó (PE), até o início do reservatório Jati, em Jati (CE). 

Segundo o deputado paraibano Jeová Campos (PSB), das três estações que deveriam ser construídas pela Mendes Júnior, a primeira já está pronta com 40 km de canal que já estão com água, a segunda, já estava em fase de testes, mas a terceira sequer começou a fase de montagem. 

“Pelos trâmites normais, o governo federal teria que fazer nova licitação para contratação de outra construtora para dar andamento às obras, acontece que não temos tempo para esperar por isso, pois esse processo demoraria, pelo menos, de nove meses a um ano. A decisão do TCU assegura a celeridade necessária para contratação de outra empresa”, disse Jeová.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.

COMPARTILHE