Ossada humana encontrada no Imbé pode ser de florestense desaparecido há cinco anos - Jornal Diário do Curimataú
Ossada humana encontrada no Imbé pode ser de florestense desaparecido há cinco anos

Ossada humana encontrada no Imbé pode ser de florestense desaparecido há cinco anos

COMPARTILHE
Rede Mais Notícias -
Duas mulheres procuraram a Delegacia de Polícia Civil de Nova Floresta/PB para relatar que a ossada encontrada na última quarta-feira (27), pode ser do senhor José Xavier da Silva, conhecido como 'Zé Boquinha' (foto), que está desaparecido a cerca de cinco anos.

As filhas, Maria das Graças e Maria Aparecida, reconheceram as vestimentas encontradas e atentaram para um detalhe: só havia um pé de sandália no local e o pai das mesmas só tinha uma perna.

José Xavier da Silva, conhecido como Zé Boquinha, está desaparecido há cerca de cinco anos. Na época do desaparecimento, ele tinha 47 anos e sofria de depressão. Ele já tinha saído de casa outras vezes por este motivo, mas retornava e da última vez não foi mais visto.

O Comissário da Polícia Civil, Bezerra, explica que pelas informações das filhas é possível que a ossada seja realmente de Zé Boquinha, mas para confirmar será precisa ser feito um exame de identificação e o resultado não sai antes de seis meses. Só após essa confirmação será possível para a família sepultar os retos mortais de Zé Boquinha.

O IPC também investiga qual teria sido o motivo da morte. Na próxima semana, os familiares devem ir para Campina Grande/PB para que façam o reconhecimento através das peças que ainda estavam na ossada, assim como fornecer material genético para fazer o exame que vai identificar a ossada.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.