sexta-feira, 29 de julho de 2016

Mais 30 cidades do Sertão da Paraíba enfrentarão racionamento nos próximos dias

Correio -

Mais trinta cidades do interior da Paraíba vão passar a enfrentar racionamento no abastecimento de água nos próximos dias. 

O planejamento e definição desses locais serão definidos nesta sexta- feira (29), numa reunião do comitê de bacias hidrográficas que acontece na sede da Agência Executiva da Gestão das Águas da Paraíba (AESA), em João Pessoa.
Todas as cidades estão localizadas nos Sertão do estado. A medida foi confirmada pelo presidente da AESA, João Fernandes. A reunião terá também a presença do diretor de gestão da Agência Nacional das Águas (ANA), Paulo Varela.
Ambos foram entrevistados 27’ nessa quinta (28), da RCTV, canal por assinatura do Sistema Correio. Varela disse que não há outra saída para evitar um colapso total nessas localidades sem adoção do racionamento.
“A gente não pode entrar e sair de um período desse sem aprender com esse processo. Nós acabamos de terminar a pedidos dos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte o plano da bacia, que analisa todas as intervenções que devem ser feitas no futuro. Está na hora da gente rever os padrões do uso do semiárido. É possível viver muito bem com mais racionalidade. Nesse ano de crise hídrica tem que ter mesmo [o racionamento]. Não tem conversa” argumentou Varela.
João Fernandes disse que a Paraíba tem hoje 69 cidades com o abastecimento normalizado e 29 cidades em colapso total onde são abastecidas apenas com Carro Pipa e mais 83 em racionamento e 13 em alerta. “Esse alerta é a porta aberta para estabelecer o racionamento. Eu diria que não ficarão mais em 13. Nós vamos aumentar esse número”, falou.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.


COMPARTILHE