sexta-feira, 3 de junho de 2016

Vândalos 'tocam o terror' no centro de Nova Floresta na madrugada desta sexta-feira (3).

Noticiando PB -

Por volta da meia noite de sexta-feira (3), quatro meliantes praticaram baderna no parque de diversão armado ao lado da prefeitura municipal de Nova Floresta-PB.

No momento do  vandalismo todos os trabalhadores estavam dormindo e acordaram assustados com o barulho e as ameaças. De acordo com um dos funcionários do parque, quatro homens chegaram no local chutando a lataria dos trailers e querendo quebrar os brinquedos. Um dos meliantes que parecia está drogado arrancou galhos e folhas da árvore que fica em frente a uma creche municipal. "Eram quatro malucos que me acordaram gritando e quebrando tudo. Um deles que parecia está  com o "cão nos couros" começou a arrancar quase todas as folhas do pé de árvore com as mãos e os grampos do muro da escolinha  com uma pedra. Eles diziam  que foi o "chefe" que mandou botar moral  nessa porcaria", concluiu o empregado.

Os vândalos ainda saíram chutando portas e portões de algumas residências  da Rua São Vicente de Paula, acordando e apavorando moradores.
Segundo testemunhas, a polícia militar foi acionada e ao chegar  na rua encontrou tudo calmo. Mas após a saída dos PMs a gangue do mal voltou a agir, chutando brinquedos e mencionando que quem mandava na 'parada' eram eles.

Moradores da área falaram a nossa equipe de reportagem que sabem quem são os autores das badernas noturnas e não denunciam com medo de represálias. "Quase todos os dias eles ficam no beco gritando e também consumindo drogas, nos que moramos aqui temos medo de chegar tarde da noite e passar por perto de lá", disse uma moradora.

Vandalismo em outros pontos da cidade

Por volta da 1 hora da manhã, dois marginais em uma moto também quebraram a câmera de segurança da Casa Lotérica que fica localizada na Rua Felinto Florentino, principal via de Nova Floresta. 

De acordo com os  funcionários, os mesmos utilizaram um pedaço de madeira para danificar o objeto eletrônico. Eles acreditam que a dupla quebrou a câmera para tentar invadir e roubar o estabelecimento, mas se assustaram e evadiram do local ao perceber a aproximação de um veículo que passava pela rua.

Em frente ao correspondente da Caixa Econômica uma loja de variedades também foi alvo do vandalismo e teve o vidro da porta quebrado.

COMPARTILHE