quinta-feira, 2 de junho de 2016

Paulo Lira acionará conselho de ética da câmara municipal contra Ataíde Xavier

Fonte: Assessoria -

Após agredir várias vezes de forma verbal o vereador Paulo Lira de ‘ladrão’ no uso da fala na tribuna da câmara municipal de Picuí, o vereador Ataíde Xavier, líder do prefeito, irá responder a processo no conselho de ética da ‘casa Francisco Eduardo de Macedo’.
Ataíde terá agora de provar por A + B que o vereador Paulo Lira realmente desviou dinheiro público da câmara na época em que era presidente do legislativo municipal ao usar diárias, o que lhe é permitido perante a lei. O líder do prefeito se complica ainda mais ao se envolver nesse tipo de polêmica pelo fato de que as contas do vereador Paulo Lira, enquanto presidente do legislativo, foram aprovadas por unanimidade pelos vereadores e pelo TCE – Tribunal de Contas do Estado – alguns anos atrás.
Se as contas do vereador Paulo Lira foram aprovadas pelo principal órgão financeiro que avalia os recursos dos municípios da Paraíba, então não existem argumentos que possam tentar manchar a vida política do mesmo enquanto gestor da câmara municipal. Mais uma polêmica do vereador Ataíde para tentar, de todas as formas exibicionistas, aparecer perante a população e ser lembrado nas urnas.

ANÁLISE DE CONJUNTURA
A vida política do vereador Ataíde está sendo destroçado cada dia mais por ele mesmo ao se envolver em polêmicas e tentar, de forma inútil, atingir o vereador Olivânio Remígio que é o principal nome como pré-candidato a prefeito pela oposição, ao criticar o PT – Partido dos Trabalhadores – o qual é filiado. Em uma cidade do interior onde todos se conhecem, essa atitude não reflete a função de um legislador e sim apenas de um peão onde, no jogo do xadrez político, é sacrificado primeiro e sem poder de escolha.



COMPARTILHE