Em Picuí Unidade Básica de Saúde do bairro Pedro Salustino mais uma vez sem médico - Jornal Diário do Curimataú
Home » , » Em Picuí Unidade Básica de Saúde do bairro Pedro Salustino mais uma vez sem médico

Em Picuí Unidade Básica de Saúde do bairro Pedro Salustino mais uma vez sem médico

Written By Diário do Curimataú on quarta-feira, 8 de junho de 2016 | quarta-feira, junho 08, 2016

No momento crucial em que o município enfrenta um surto de dengue, zika e chikungunya, a Unidade Básica de Saúde PSF 8, localizado no bairro Pedro Salustino mais uma vez fica sem médico, Carol médica do PROVAB foi embora, dizem que foi devido problemas de saúde. O atendimento agora se restringe ao odontológico, básico, vacinas e entrega de medicamentos.  

Os pacientes estão sendo orientados a procurar o Hospital Regional, já abarrotado com a procura por atendimentos. Uma outra opção poderia ser distribuir o atendimento com outros postos de saúde, que já tem deficiências.

Até quando ficaremos sem esse profissional? Vale lembrar que consultas com especialistas se faz necessário o encaminhamento do médico da área. E os pacientes que necessitam de vistas domiciliares como fica?

O PSF 8 atende aos usuários dos bairros Pedro Salustino, Monte Santo, algumas ruas do centro e algumas ramificações da zona rural.

Com a palavra a administração municipal.  


PROVAB
O PROVAB serve como degrau entre a graduação e a pós-graduação, aprimorando a formação profissional do recém-formado, que, além de conhecer de perto a realidade dos usuários do SUS, atuando junto com as comunidades de forma supervisionada, tem acesso ao curso de especialização em Atenção Básica, disponibilizado pela Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS).

Para tanto, é oferecida aos médicos, como forma de incentivo, uma bolsa no valor de dez mil reais, devendo o profissional cumprir a carga de 32 horas semanais de atividades práticas nas unidades de saúde e 8 horas de atividades acadêmicas no curso de especialização em Atenção Básica.

Além disso, os médicos do PROVAB têm direito à pontuação adicional de 10% nas provas de residência médica, desde que aprovados em todas as avaliações realizadas.

O profissional PROVAB é avaliado constantemente por um supervisor direto e pela equipe da unidade de saúde em que o médico atua, sendo observada principalmente a sua capacidade de trabalho em equipe, a qualidade do atendimento e o tratamento humanizado aos pacientes.

Os médicos aprovados nas atividades estabelecidas nas atividades pelo Programa e que tenham recebido nota mínima de 7 (sete) pontos são considerados com “conceito satisfatório”, recebendo como benefício a pontuação adicional de 10% nos exames de residência médica, sendo este um dos fatores mais atrativos do PROVAV para o médico recém-formado.


Francisco Araújo

Com Tudo Sobre o Provab
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação; veja programação

Redação - No próximo dia 17 de dezembro, a ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação. As festividades terão inicio cedinho com al...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva