Temer recua e decide recriar Ministério da Cultura - Jornal Diário do Curimataú
Home » , , » Temer recua e decide recriar Ministério da Cultura

Temer recua e decide recriar Ministério da Cultura

Written By Diário do Curimataú on sábado, 21 de maio de 2016 | sábado, maio 21, 2016

R7 -

Depois de críticas, o presidente interino, Michel Temer, decidiu voltar atrás e manter o MinC (Ministério da Cultura). O ministro da pasta será Marcelo Calero que, na última quarta-feira (18), foi anunciado como secretário nacional da Cultura.

A decisão foi anúnciada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, em uma postagem no microblog Twitter. Desta forma, a Cultura deixa de ser uma secretaria subordinada ao Ministério da Educação.
— Conversei com o presidente Temer sobre a decisão de recriar o Ministério da Cultura. O compromisso do presidente com a Cultura é pleno. A decisão de recriar o Minc é um gesto do presidente Temer no sentido de serenar os ânimos e focar no objetivo maior: a cultura brasileira.
A fusão das pastas de Educação e Cultura foi tomada com base no princípio adotado por Temer de reduzir o número de ministérios quando assumiu interinamente o governo. A medida sofreu diversas críticas da opinião pública e artistas.
Diante dos protestos de parte dos artistas e de servidores do Ministério da Cultura, Temer já havia anunciado que, mesmo como secretaria, a estrutura da pasta seria mantida e a pasta teria "status especial".
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também sugeriu que o Ministério fosse recriado e se comprometeu ele mesmo com a tarefa, por meio de uma emenda no Congresso Nacional.
Marcelo Calero
Antes de assumir a Cultura, Marcelo Calero foi secretário do prefeito Eduardo Paes (RJ), do PMDB, mesmo partido de Temer. Advogado e diplomata, Calero tem 33 anos e foi presidente do Comitê Rio450, que concentrou as comemorações dos 450 anos da cidade do Rio, em 2015. Antes de assumir a pasta, ele chegou a participar de um encontro da área em que se pedia a permanência do MinC como ministério independente.
Calero assumiu em janeiro de 2015 a secretaria carioca, na vaga deixada pelo jornalista Sérgio Sá Leitão. Curiosamente, o nome de Sá Leitão também foi aventado para a Secretaria Nacional de Cultura. Em sua gestão, Calero intensificou o processo de descentralização e democratização do acesso à cultura no Rio.
Em sua passagem pela secretaria do Rio, Calero sempre foi prestigiado pelo prefeito, que o elogia nas cerimônias públicas. Ele vinha se envolvendo na preparação da cidade para os Jogos Olímpicos.
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação; veja programação

Redação - No próximo dia 17 de dezembro, a ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação. As festividades terão inicio cedinho com al...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva