terça-feira, 24 de maio de 2016

Gato é capturado dentro de prisão da Paraíba com dois celulares colados ao corpo

Gustavo Medeiros -

Um gato foi apreendido com dois celulares presos ao corpo na Penitenciária Padrão Romero Nóbrega, em Patos, no Sertão da Paraíba, a 307 km de João Pessoa, na madrugada desta segunda-feira (23). Esta não é a primeira vez que essa tática é utilizada naquele presídio. Há pouco mais de um ano, outro gato foi capturado no local carregando celulares, baterias e carregadores.

Segundo agentes da penitenciária, o animal foi encontrado preso em uma tela no pátio da unidade com os aparelhos fixados com gaze e fita adesiva. A tela na qual o gato ficou preso já foi, conforme os profissionais da prisão, um artifício encontrado para coibir esse tipo de prática.

O gato, que já era conhecido pelos agentes penitenciários por viver no pátio da instituição, foi solto e está sendo feita uma investigação para saber para qual cela o animal se dirigiria.
“O gato é manso. Acreditamos que a companheira de algum apenado tenha colocado ele em uma bolsa ao sair da prisão após o dia de visita, amarrando os celulares nele do lado de fora e o colocando novamente dentro da prisão”, disse um dos agentes que trabalham na apuração do caso.

COMPARTILHE