Após decisão da Câmara de anular impeachment, Dilma pede "cautela" - Jornal Diário do Curimataú
Home » , » Após decisão da Câmara de anular impeachment, Dilma pede "cautela"

Após decisão da Câmara de anular impeachment, Dilma pede "cautela"

Written By Diário do Curimataú on segunda-feira, 9 de maio de 2016 | segunda-feira, maio 09, 2016

UOL -

A presidente Dilma Rousseff pediu "cautela" e "calma" ao público que acompanhava, nesta segunda-feira (9), cerimônia de criação de cinco novas universidades. O clima era de euforia devido à assinatura de decisão do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), para anular a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso.
A petista denunciava mais uma vez o que considera um "golpe de Estado" em curso quando interrompeu seu discurso para dizer que não tem essa informação oficialmente. "Soube agora, da mesma forma que vocês souberam. Apareceu nos celulares que um recurso foi aceito e o processo está suspenso. Estou falando aqui porque não podia fingir que não sei de nada. Mas não sei as consequências. Tenham cautela, vivemos uma conjuntura de manhas e artimanhas", afirmou. 
Segundo a "Folha de S. Paulo", o parlamentar teria considerado que a votação na Casa ultrapassou os limites da denúncia contra a petista por crime de responsabilidade, tratando também de questões decorrentes da Operação Lava Jato. 
O público presente na cerimônia comemorou a decisão aos gritos de "uh, Maranhão" e "fica, querida". Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, sorridente, também vibrou: "Não vai ter golpe!", disse, encerrando seu discurso antes programado. 

Na cerimônia desta segunda, a presidente anunciou a criação de cinco novas universidades federais, duas em Goiás, uma em Tocantins, uma no Piauí e uma no Mato Grosso. Antes da cerimônia, Dilma foi recebida por professores e técnicos de universidades federais, que levaram cartazes com dizeres como "Xô, Temer". O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) também foi vaiado e chamado de "golpista".
Apesar da proximidade da votação no Senado que poderá levar ao seu afastamento temporário, Dilma continua com agenda cheia. Mais tarde, receberá o presidente do Parlamento do Mercosul, Jorge Taiana, e na sequência embarcará para Goiânia, para inauguração do novo terminal do Aeroporto de Santa Genoveva.
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

Estudantes do Campus Picuí são campeões em Robótica

Ascom - Estudantes do Laboratório de Engenharia de Software e Hardware (LESH) do Campus Picuí, em parceria com o FabLab, se sagraram ca...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva